Início > Sem categoria > Resumo do WebCast: IIS 7.0 – Configurações Centralizadas

Resumo do WebCast: IIS 7.0 – Configurações Centralizadas

quinta-feira, 19 fev 2009 @ 7:44 PM Deixe um comentário Go to comments

Na ultima terça-feira, realizei o WebCast sobre “Configurações Centralizadas no IIS 7.0” onde havia como moderadores o Igor Humberto e Alessandro Cardoso. Para quem perdeu o webcast, segue um resumo de como configurar as “Configurações Compartilhadas” com o IIS 7.0. Não deixe de assistir a gravação do WebCast disponível no Mídia Center do TechNet Brasil.

Em determinados cenários, por questões de alta disponibilidade e balanceamento de carga, necessitamos ter mais de um servidor para hospedar um ou mais sites web. É ai que entra o recurso de “Configurações Compartilhadas” (Shared Configuration), disponível no IIS7, para centralizar e compartilhar as configurações do site. Além disso, este recurso ajuda no backup, recuperação e ao mover um site.

Para configurar os recursos devemos primeiramente ter uma pasta compartilhada, com as devidas permissões, para onde iremos exportar as configurações do servidor IIS7, segue o procedimento abaixo:

Exportando a Configuração

  1. Navegue até Ferramentas Administrativas e clique em Gerenciador do Internet Information Service (IIS).
  2. Clique no nó com o nome do servidor.
  3. Clique duas vezes no ícone Configuração Compartilhada.
  4. Em Configuração Compartilhada, para exportar os arquivos de configuração para a pasta compartilhada já criada anteriormente com as devidas permissões, clique em Exportar Configuração no painel de Ação.
  5. Na caixa de dialogo Exportar Configuração, entre com o caminho na caixa de texto.
  6. Se necessário, clique em Conectar Como… e entre com a conta e senha que será usada para escrever na pasta compartilhada, e clique em OK.
  7. Na caixa de dialogo Exportar Configuração, entre com a senha que será usada para proteger a chave de criptografia, e clique em OK.

Habilitando a Configuração Compartilhada

  1. Em Configuração Compartilhada, marque Habilitar Configuração Compartilhada.
  2. Em seguida, entre com o caminho para onde as configurações foram exportadas anteriormente, e o usuário e senha que será usado para acessar a pasta compartilhada, e clique em Aplicar no painel de Ação.
  3. Será apresentada a caixa de dialogo, Senha da Chave de Criptografia, entre com a senha informada durante a exportação (passo 7), e clique em OK.
  4. Na caixa de diálogo de Configuração Compartilhada, clique em OK.
  5. Clique em OK novamente.
  6. Feche e abra o Gerenciador do Internet Information Service (IIS).
  7. Clique no nó com o nome do servidor.
  8. Clique duas vezes no Gerenciador do Servidor.
  9. No painel de Ações, clique em Reiniciar.

Quando exportamos as configurações, estamos exportando os arquivos applicationHost.config e administration.config para o caminho especificado, bem como a chave de criptografia usada pelo IIS para proteger algumas propriedades.

E, quando habilitamos as configurações compartilhadas, usamos redirection.config que informa onde estão os arquivos compartilhados e passamos a usar os arquivos exportados anteriormente que estavam %windir%\system32\inetsrv\config. Neste momento o IIS atualiza o arquivo redirection.config, e a configuração compartilhada já esta configurada.

Depois dos procedimentos acima vamos necessitar adicionar mais máquinas a nossa configuração compartilhada executando apenas o procedimento “Habilitando a Configuração Compartilhada”. Ou, copiando o arquivo redirection.config para as máquinas que vão entrar para a farm.

Se o seu site estiver escrito em .NET Framework e apresentar problemas de escrita na pasta %windir%\Microsoft.NET\Framework\* está faltando colocar o usuário no qual o site esta rodando dentro do grupo IIS_IUSRS da máquina local. Seu site ainda poderá encontrar problemas de acesso a pasta compartilhada da rede, que poderá ser resolvido com o comando caspol.exe conforme descrito abaixo:

C:\Windows\Microsoft.NET\Framework\v2.0.50727>caspol –m –ag 1. –url file://<servidor>/compartilhamento/* FullTrust

Quanto a módulos customizados ou de terceiros será necessário realizar o procedimento de instalação desses módulos para que o site/aplicação funcione de forma esperada.

Outro assunto abordado no webcast foi o backup das configurações que pode ser realizado usando uma ferramenta de backup de terceiros, o próprio SCDPM 2007, ou com o appcmd. Veja abaixo os parâmetros para backup e restauração das configurações:

C:\Windows\System32\inetsrv>appcmd add backup <nome_opcional_do_backup> (backup)

C:\Windows\System32\inetsrv>appcmd add backup <identificação_do_backup> (restauração)

Infelizmente durante a demonstração usei a máquina virtual que não era prevista para a demonstração, o que gerou um resultado diferente do que estava sendo demonstrado. Entretanto, requer uma explicação do acontecido:

No caso configuração compartilhado, a ferramenta AppCmd sempre trabalham com backups da configuração local e não da configuração que esta armazenada no caminho compartilhado. Isto significa que no caso de configuração compartilhada, a ferramenta não poderá fazer backup ou restaurar a configuração localizada no compartilhamento. No entanto, vai fazer backup e restaurar o arquivo redirection.config local, que contém os detalhes sobre onde o arquivo de configuração compartilhado está localizado.

Assim, se o IIS estava usando a configuração local no momento da cópia de segurança, em seguida, movido para a configu-ração compartilhada e, em seguida, restaurada a cópia de segurança, o IIS retornará para a configuração local. Se estava usando configuração compartilhada no momento da cópia de segurança, em seguida, movido para local, então restaurado, o IIS volta a ser usando com a configuração compartilhada (independentemente estar ou não configurado), e o applicationHost.config local será redefinido para aquele salvo na hora do backup.

Há uma razão específica para este comportamento by design. Pense neste cenário – se tivemos um web farm com vários ser-vidores usando um arquivo de configuração compartilhado. E, por algum motivo, passamos a ter problemas com um dos servidores e decidimos restaurar o backup da configuração anterior – e por “mistério”, todos os demais servidores passam a ter o mesmo problema porque a configuração foi redefinida para um estado de configuração que é local de um servidor. Além do fato de ser inesperado e indesejável, também poderia provocar outras questões mais graves, incluindo uso de chave de criptografia inválida e a configuração de módulos que não estão instalados em outros servidores do farm web.

Sendo assim, quando fazemos uso da configuração compartilhada, é responsabilidade do gerenciando o web farm gerenciar os backups dos arquivos de configuração compartilhada.

Jonildo Santos
MCT/MCITP

Categorias:Sem categoria
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: