Início > Windows 7 > Windows 7: Mais do que Impressões!

Windows 7: Mais do que Impressões!

quarta-feira, 29 abr 2009 @ 11:53 PM Deixe um comentário Go to comments

Sendo um dos beta testers oficiais do Windows 7 venho avaliando o produto desde o inicio do programa de avaliação. Dentre as builds que avaliei ficou clara a excelente evolução no desenvolvimento do produto. Seja em 32-bits ou 64-bits, em todas as builds, não tive problemas durante a instalação. “É O WINDOWS BETA MAIS ESTÁVEL E MAIS PERECIDO COM O PRODUTO FINAL”. Neste momento já estou usando o release candidate em português (PT-BR).

De lá para cá foi possível ver claramente que a principal idéia por trás do desenvolvimento do Windows 7 é trazer novos e importantes recursos, melhorar as áreas que os usuários reclamavam com relação a desempenho e experiência do usuário, e principalmente, obter uma interface mais simples, limpa, fácil de controlar e com um acesso rápido ao que interessa.

No novo sistema operacional, dentre o novos recursos, já era previsível serem incorporados ao produto o Internet Explorer 8, Windows Search 4 e PowerShell V2. Portanto, segue uma visão mais detalhada de outros recursos nas sessões abaixo.

Segurança e Mobilidade

No geral, para o usuário, criptografia soa como burocracia, o que é perfeitamente compreensível já que nas versões mais antigas do produto a segurança atendia apenas as necessidades dá época. Dessa forma, para que essa impressão seja mitigada, processos devem ser redesenhados para que o usuário mude essa percepção.

Neste sentido, no Windows 7 vem incorporado o conceito de BitLocker to Go (proteja e use – usado para criptografar volumes e protegê-lo contra a perda e o roubo de informações) que tornará a criptografia de volume mais simples. Nela será possível criptografar dispositivos de armazenamento removíveis e possibilitarão o bloqueio, através de políticas de grupo, os dispositivos que não possuam criptografia.

No escopo de melhor mobilidade, o Windows 7 em conjunto com o Windows Server 2008 R2, trás duas novas tecnologias muito bem-vindas, o Direct Access e o BranchCache, que reduzirá significativamente a complexibilidade de acesso remoto e a arquivos da rede corporativa. O Direct Access proverá um ambiente seguro e transparente aos recursos da rede corporativa sem a necessidade do uso de VPN (virtual private network). No recurso BranchCache ao usuários em escritórios remotos terão maior flexibilidade no acesso a arquivos remotos.

Economia de Energia

Fortalecendo o conceito de sustentabilidade, o Windows 7 vem com novos recursos de economia de energia, e otimizando os já introduzidos no Windows Vista.

Dentre as funcionalidades introduzidas nessa área, a suspensão seletiva de energia é a mais engenhosa. Ela implementa o C-state que permite reduzir seletivamente o consumo de energia de dispositivos USB não usados.

Especificamente para notebooks, foi introduzido o controle de brilho do monitor de LCD que pode reduzir em média 20% do consumo de energia desses dispositivos.

Experiência do Usuário

Em pesquisas utilizando o Customer Experience e coletando feedbacks ao redor do mundo, a Microsoft vem continuamente avaliando à usabilidade do Windows. E, com base nessas pesquisas, metas com relação ao design foram introduzidas visando uma interface simples, limpa, fácil de controlar e com um acesso rápido ao que interessa.

Entre as nova metas de design, esta sendo introduzido a Super TaskBar que trás melhor gerenciamento de janelas e reduz sensivelmente a quantidade de cliques para chegar a uma aplicação ou ação desejada pelo usuário. Desde o lançamento do Windows 95, essa é a maior mudança com relação a TaskBar.

Fortalecendo sua identidade e aperfeiçoando a experiência do usuário, o Windows 7 trás novas funcionalidades na transição de janelas Aero Peak e Aero Peak + Alt Tab.

Outra melhoria que é largamente usada, mas que muitas vezes pouco perceptível, é o High DPI. No High DPI foram introduzidas melhorias onde os usuários poderão usar monitores de diversos tamanhos sem perda de definição, sem reboot do sistema operacional, sem deformação da imagem ou com pixies exibidos incorretamente.

O novo Remote Desktop impressionará usuários remotos. Ele trás agora suporte ao Flip 3D, Aero Glass, Aero Peak, DirectShow, a HD Vídeo (1080p), DirectX 2D, DirectX 3D 10.1 e a áudio bi-direcional. Com a adição desse suporte o usuário terá impressão de estar usando a máquina localmente.

Entre outros recursos, vale ainda citar a nova calculadora, novo Paint e novo WordPad, que agora possui novo design. E, finalmente o Windows Touch, onde com um simples toque, tornará o Windows 7 ainda mais simples e dinâmico de usar.

Multimídia

Dentre os desafios que os usuários enfrentavam na reprodução de áudio e vídeo, certamente o suporte a outros formatos pelo o Windows Media Player era um dos mais solicitados.

Pensando nisso o Windows Media Player e Windows Media Center passa a suportar codecs como H.264, MPEG4-SP, Divx/Xvid, MJPEG, DV, AAC-LC, AAC-HE onde será possível reproduzir arquivos MP4, MOV, 3GP, AVCHD, ADTS, M4A, DVR-MS, WTV. Além disso, em sua versão 12, o Windows Media Player esta muito mais leve e simples de usar.

Outro recurso introduzido é o Remote Media Experience que permitirá reproduzir um arquivo de áudio, vídeo e imagens em um computador remoto ou XBOX 360 dentro da mesma rede.

Além disso, vale ainda destacar Remote Media Streaming que permitirá o usuário acessar seu conteúdo de áudio e vídeo remotamente.

Gerenciamento e Manutenção

Quando o assunto são testes, o que mais incomoda os profissionais da área de suporte é a falta de recursos.

O Boot através de VHD (Virtual Hard Disk) trará novas possibilidades para ambientes em produção e de testes,  onde será possível instalar e iniciar o Windows 7 ou Windows Server 2008 R2 através de VHDs.

O Windows 7 em conjunto com o Windows Server 2008 R2, possui o recurso AppLocker, com ele teremos um melhor controle de quais usuários ou grupos podem rodar uma aplicação especifica dentro da organização o departamento. Usando o AppLocker, será possível criar regras onde será permitido ou não executar uma determinada aplicação.

Além disso, o Windows 7 passa a ter também suporte ao Windows Recovery Enviroment incorporado, o que reduzirá o esforço na recuperação e manutenção do sistema.

Desempenho

No atual estágio de desenvolvimento do produto, o tunning ainda não foi realizado e já pode-se perceber que o consumo de memória será ligeiramente menor em comparação com Windows Vista, algo em torno de 512 MB logo após a sua instalação, e em máquinas onde os recursos Aero, Glass e Windows Touch estão desabilitados poderemos perceber o consumo abaixo de 196 MB memória iniciais.

Portanto, em máquinas com no mínimo 512 MB de memória, as edições do Windows 7 Starter e Home Basic estão mais do que prontas para serem instaladas.

Migração

Uma das grandes preocupações do time de produto com relação à implantação do Windows 7 em um hardware já existente, é a compatibilidade de drivers e dispositivos, e antigos softwares.

Dessa forma o Windows 7 foi desenvolvido para, em geral, suportar os mesmos drivers dos quais já eram suportados pelo Windows Vista. Portanto, no geral, teremos um caminho com menos obstáculos no processo de migração do Windows Vista para o Windows 7 já que podemos esperar a suportabilidade dos mesmos drivers e dispositivos.

Além disso, o novo Windows XP Mode (XPM) do Windows Virtual PC suportado no Windows 7, trará mais flexibilidade e transparência aos usuários em cenários onde determinadas aplicações não são compatíveis ao serem executadas dentro do novo sistema operacional. No XP Mode será possível, de forma transparente para o usuário, publicar uma aplicação, instalada em uma máquina virtual local Windows XP, no Menu Iniciar.  Este recurso estará disponível para usuários do Windows 7 Professional, Enterprise e Ultimate. No exemplo ao lado na imagem ao lado podemos ver o Internet Explorer 6 junto com o Internet Explorer 8 no Windows 7. Mais informações veja também este post.

O produto esta com lançamento oficial previsto para inicio do ano fiscal de 2010. Ou seja, depois de junho de 2009. Quando disponibilizado para o público, o produto virá nas seguintes edições:

  • Windows 7 Starter: Continuará sendo uma versão muito mais leve e de baixo custo do sistema destinado para usuários que estão iniciando no uso de um computador. Ele virá sem recursos como o Glass, Aero, Windows Touch e outros.
  • Windows 7 Home Basic: Continuará igualmente os seus antecessores “Home Basic”, esta versão deverá ser uma das mais “enxutas” do Windows 7 que é destinado para grande maioria dos usuários domésticos.
  • Windows 7 Home Premium: Destinado a uma outra parte dos usuários domésticos, e vem com o Media Center. Entretanto, carece de recursos como o desktop remoto, backup avançado e central de mobilidade.
  • Windows 7 Professional: Esta é a versão onde sairá a nomenclatura business e entra a professional novamente, que apesar de atender a maioria do mercado corporativo,  não possuirá alguns recursos como o BitLocker, Direct Access e pacotes de idiomas.
  • Windows 7 Enterprise: É a destinada a usuários corporativos e licenciada somente em contratos de volume. Ele possui todos os recursos que não estão presentes no Windows 7 Professional.
  • Windows 7 Ultimate: Continuará sendo a versão mais completa e destinada a usuários entusiastas.

Quando iniciei este post, o time de desenvolvimento do Windows 7 estava concluindo as correções de bugs já identificados pela comunidade para estabilizar o produto e assim liberar o release candidate (RC) que será a ultima versão antes do seu lançamento.

Neste momento o release candidate do produto já esta pronto! E, amanhã, 30 de abril, estará previamente disponível, para testes e avaliação, aos  assinantes do TechNet Plus e do MSDN nos links abaixo (apenas em poucas linguagens):

Sendo que, dia 5 de maio, será disponibilizado para o público através do Customer Preview Program, o download do Windows 7 também em poucas linguagens.

Jonildo Santos
MCT/MCITP

Categorias:Windows 7
  1. Glebe
    sábado, 2 maio 2009 @ 12:24 AM às 0:24

    Cara…. simplesmente fantástico este post amigo, muito bom mesmo! Super completo. Grande abraço!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: